quinta-feira, 9 de julho de 2009

DN Globo
G8

Obama anuncia amanhã garantia de segurança alimentar

por Lusa

O presidente norte-americano, Barack Obama, vai anunciar sexta-feira uma iniciativa no valor de 15 mil milhões de dólares para garantir a segurança alimentar no mundo, assegurou hoje o presidente do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

"Esperamos que o presidente Obama faça o anúncio amanhã (sexta-feira) e apele aos outros países do G8 e das economias emergentes para apoiarem esta iniciativa", declarou à imprensa Kanayo Nwanze, que preside àquela agência da ONU.

"A iniciativa do G8 é de 15 mil milhões" de dólares (cerca de 10,79 mil milhões de euros) em três anos e financiará os investimentos na produção agrícola nos países do Sul, "os Estados Unidos contribuem com 3,5 mil milhões", adiantou Nwanze.

O presidente do FIDA saudou a iniciativa para "ajudar os países a aplicarem eles próprios boas políticas para produzirem alimentos".

Nwanze apelou ainda para que a iniciativa não seja uma promessa, mas uma verdadeira acção, recordando que durante a cimeira do G8 em Gleneagles, na Escócia em 2008, os oito países mais desenvolvidos "prometeram duplicar a ajuda" ao desenvolvimento até 2010 "providenciando perto de 22 mil milhões de dólares, mas até ao momento só sete mil milhões" foram dados.

O chefe do governo italiano, Silvio Berlusconi, anunciou terça-feira que o G8 lançaria uma iniciativa de "10 a 15 mil milhões de dólares" para garantir a segurança alimentar no mundo.

Quarta-feira à noite, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, afirmou que a França iria contribuir com 1,5 mil milhões de euros (cerca de dois mil milhões de dólares) em três anos para essa iniciativa.

Hoje, o Canadá anunciou um aumento de 600 milhões de dólares canadianos (370,61 milhões de euros) em três anos na sua contribuição para a segurança alimentar.

Em 2008, o aumento dos preços dos bens alimentares provocou "confrontos da fome" em numerosos países.

Enviar um comentário