quinta-feira, 23 de julho de 2009

"Ser mãe" pretende ajudar 11% de mães adolescentes do concelho

MARTA NEVES

O município de Gondomar passa a contar com o espaço "Ser mãe", vocacionado a apoiar grávidas adolescentes. O novo serviço, que funcionará na Casa da Juventude de Rio Tinto, tem a intenção de fazer diminuir os 11% de jovens grávidas do concelho.

Neste contexto foi assinado, ontem de manhã, um protocolo de cooperação entre a Câmara de Gondomar e o Centro Hospitalar do Porto no sentido das duas entidades garantirem o acompanhamento das adolescentes grávidas.

Ainda que em 2008 dois mil jovens das escolas de todo o concelho tenham sido alvo de formação a nível da sexualidade, Helena Loureiro, presidente da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Gondomar, explicou que os casos de gravidez na adolescência apresentam em comum "uma desestruturação familiar inerente e uma baixa auto-estima".

Nesse sentido, uma equipa multidisciplinar , formada por duas psicólogas, uma assistente social e uma nutricionista, "vão procurar aconselhar as jovens para uma vivência mais positiva da gravidez, prestando todo o tipo de apoios e encaminhamentos necessários", disse Helena Loureiro.

No espaço, que passará a funcionar na Casa da Juventude de Rio Tinto, cada jovem adolescente terá acesso a consultas psicológicas individuais, sessões de terapia de grupo, assim como aconselhamento nutricional para si e, posteriormente, nos cuidados alimentares ao bebé.

Enviar um comentário