sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Diário Digital
Informática



Libertada jornalista sudanesa condenada
por uso de calças


A jornalista sudanesa Lubna Ahmed al-Hussein, presa por ter usado calças consideradas «indecentes», foi libertada esta terça-feira, anunciou o presidente da União de Jornalistas Sudaneses. «Ela deixou a prisão. Pagámos a multa de 500 libras (cerca de 150 euros), declarou Mohedin Titawi.
A informação foi confirmada por fontes ligadas à jornalista. «Vamos continuar a lutando», disse a jornalista à saída da prisão. «Vamos continuar a lutar para mudar esta lei, a polícia de ordem pública e os tribunais da ordem pública», salientou, ao ser interrogada no pátio do jornal Ajrass al-Hurriya (As campanhas da liberdade), onde se encontrou com os seus partidários.
Lubna Ahmed al-Hussein, que corria o risco de ser condenada a receber 40 chicotadas, foi levada para a prisão na segunda-feira por se negar a pagar a multa de 150 euros a que foi condenada. Num editorial publicado esta terça-feira, o jornal Al-Ray al-Am, ligado ao governo, critica a jovem pela atitude de «politizar» a decisão do tribunal de Cartum-Norte.
Enviar um comentário