quarta-feira, 16 de setembro de 2009

i

Cancro da mama: Rosa Esperança volta aos palcos

A peça Rosa Esperança interpreta e reinventa histórias de pessoas reais contando com a participação de 7 mulheres que, não sendo actrizes, decidiram

expor a sua própria experiência de luta contra o cancro e aceitaram o desafio de a partilhar com o público num palco.
A companhia de teatro Quem não tem Cão - Oficina de Artistas, de Rio Maior volta aos palcos para a segunda temporada “Rosa Esperança” um espectáculo forte e sem complexos, da autoria do encenador Rui Germano, que pretende chamar a atenção para o cancro da mama, que mata quatro mulheres por dia em Portugal

Inserido num projecto de teatro de pesquisa “Projecto Mulheres e o Cancro da Mama” que interpreta e reinventa histórias de pessoas reais “Rosa Esperança” conta com a participação de 7 mulheres que, não sendo actrizes, decidiram expor a sua própria experiência de luta contra o cancro e aceitaram o desafio de a partilhar com o público num palco.

A digressão nacional tem início no Cine-Teatro de Rio Maior a 19 e 20 de Setembro e tem já agendadas as seguintes datas: 26 de Setembro - Ovar; 3 de Outubro - Faro; 10 de Outubro - Santiago do Cacem; 24 Outubro - Viana do Castelo; 31 de Outubro - Guimarães; 7 de Novembro Benavente; 14 de Novembro - Samora Correia e 5 de Dezembro - Leiria

Enviar um comentário