quinta-feira, 24 de setembro de 2009

JN
Mundo

Seguro médico público de Obama inspira humorista

Diversos actores de Hollywood juntaram-se à campanha de Barack Obama na defesa da opção por um seguro médico público nos EUA. Veja o vídeo.O sistema de saúde público proposto por Obama dará cobertura médica a todos os norte-americanos, ao contrário do que acontece agora. Esta medida tem causado polémica num país onde o intervencionismo do Estado é encarado negativamente.
No vídeo satírico distribuído hoje, quarta-feira, pela Internet, diversos actores, como o conhecido humorista Will Ferrell e Jon Hamm, protagonista da série "Mad Men", apelam em tom irónico, para a ajuda dos espectadores no enriquecimento dos executivos das seguradoras, responsáveis pelos seguros de saúde nos Estados Unidos. "Por que é que Obama procura reformar o sistema sanitário quando as seguradores estão a trabalhar tão bem, ganhando milhares de milhões de dólares?", pergunta Will Ferrell, no vídeo. "Temos de recordar quais são as vítimas reais - os executivos das seguradoras. Estes grandes homens de negócios são heróis dos Estados Unidos", é, também, afirmado. "Os executivos das seguradoras têm o direito de realizar o seu sonho americano", refere Will Ferrell, sendo que esse sonho inclui "cinco casas, um avião privado, 500 milhões de dólares no bolso e um mini-zoo no jardim das traseiras". "As seguradoras precisam do nosso apoio", ouve-se noutro ponto do vídeo, com Jon Hamm a dizer, em fingido tom de desprezo, que apenas "80 por centro dos norte-americanos apoiam um plano público de seguro sanitário".
O vídeo é, ainda, abrilhantado por actores como Olivia Wilde, Masi Oka, Linda Cardellini, Thomas Lennon, Robert Ben Garant, Jordana Spiro e Donald Faison.
Enviar um comentário