sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Sapo/Livros

Cristóvão Tezza venceu VI Prémio Zaffari & Bourbon

«O Filho Eterno», romance do escritor brasileiro Cristóvão Tezza (Editora Record) publicado em Portugal pela Gradiva, venceu o VI Prémio Zaffari & Bourbon de Literatura e foi considerado o melhor romance de língua portuguesa publicado entre 2007 e 2009.

O vencedor foi anunciado ontem, quinta-feira, pela Jornada Nacional de Literatura, em Passo Fundo, no Brasil.

Esta é sexta edição do prémio, que se tem consolidado como um dos maiores prémios do género no Brasil, e oferece ao vencedor a quantia de 37 mil euros (100 mil reais).

Os outros finalistas do prémio eram A chave de casa, de Tatiana Salem Levy, Acenos e afagos, de João Gilberto Noll, Galileia, de Ronaldo Correia de Brito, Heranças, de Silviano Santiago, Leite derramado, de Chico Buarque, O livro das impossibilidades, de Luiz Ruffato, e O livro dos nomes, de Maria Esther Maciel.

Em 2008, foi premiado Mia Couto, com o romance O Outro Pé da Sereia.

Enviar um comentário