quarta-feira, 7 de outubro de 2009


Ministros reúnem debaixo de água

JN

O Governo das Maldivas vai reunir-se debaixo de água para alertar o Mundo para os efeitos do aquecimento global.

Na reunião, que decorrerá no dia 17 de Outubro, vai ser assinado um documento com um apelo global à redução da emissão de carbono.

Um assessor do presidente das Maldivas, Mohamed Nasheed, disse à BBC que tudo começou com uma brincadeira, mas que a ideia foi levada a sério pelos ministros que estão preocupados com o aumento do nível do mar causado pelo aquecimento global e que poderá apagar o país do mapa.

Os participantes na reunião vão usar canetas e quadros à prova de água e terão de comunicar por sinais. Todos os ministros que vão participar na iniciativa estão a ter formação de mergulho numa base militar local com a excepção do presidente que já é um mergulhador acreditado.

Cerca de 80% do arquipélago das Maldivas está localizado a menos de um metro acima do nível do mar, pelo que o país é muito susceptível a alterações da altura da água.

Enviar um comentário