domingo, 11 de outubro de 2009

Pobreza
Cáritas vai dar vales de refeição para quem tem vergonha de pedir ajuda
A Cáritas Portuguesa irá iniciar a distribuição de vales de refeição com o objectivo de combater o fenómeno da pobreza envergonhada, avança o Público

Através de um protocolo com a Ticket Restaurant, a Cáritas irá facultar talões de refeição com valores de cinco, dez ou 15 euros, para pessoas que vivem situações de privação e que não conseguem pedir ajuda a instituições de solidariedade, escreve o jornal.

«Já estão a aparecer pessoas sem subsídio de desemprego» e «é de prever que a situação se agrave no próximo ano», afirmou ao Público Eugénio Fonseca, presidente da Cáritas.

Os vales serão distribuídos pelas Cáritas diocesanas e permitirão que as pessoas possam ir a qualquer supermercado abastecer-se de bens essenciais. Assim evitarão deslocar-se a uma instituição de apoio, vendo a sua situação exposta publicamente.

Para chegar a essas pessoas, o presidente da Cáritas diz que é essencial o contributo de outros (familiares, vizinhos, amigos) e de elementos das próprias instituições de solidariedade social, escreve o Público.

«O desafio é ir ao encontro dessas pessoas, não esperando que elas venham pedir ajuda, respeitando a sua vontade, a discrição necessária, as redes familiares e as redes de vizinhos», diz Eugénio Fonseca.

SOL

Enviar um comentário