quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Jornal i

Por Marta Cerqueira
publicado em 29 Jan 2014 - 18:31
Suécia desiste de Olímpicos de 2022 para não gastar dinheiro dos contribuintes

Ainda na corrida estão as cidades de Almaty (Cazaquistão), Beijing (China), Cracóvia (Polónia), Lviv (Ucrânia) e Oslo (Noruega)
A Suécia desistiu da candidatura para receber os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 para não gastar o dinheiro dos contribuintes.
O governo apresentou três argumentos para justificar a decisão: a cidade de Estocolmo tem outras prioridades, seria gasto demasiado dinheiro e um eventual prejuízo com a organização dos Jogos teria que ser coberto com o dinheiro dos contribuintes.
A Suécia já tinha sido anfitriã da competição no Verão de 1912 e tentava agora tornar-se na primeira cidade a receber os jogos nas duas estações (Verão e Inverno).
Ainda na corrida estão as cidades de Almaty (Cazaquistão), Beijing (China), Cracóvia (Polónia), Lviv (Ucrânia) e Oslo (Noruega).
Enviar um comentário