domingo, 15 de junho de 2014

DN Globo
Presidente da Bolívia

Morales defende fim do Conselho de Segurança

por O.L.O, com AFP
Presidente da Bolívia, Evo Morales
Presidente da Bolívia, Evo Morales 
 Fotografia © Reuters
O Presidente da Bolívia, Evo Morales, propôs ontem, no arraque da cimeira do G77+China, o desaparecimento do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) por entender que o organismo não promove a paz.
"São precisos organismos internacionais que fomentem a paz, que eliminem as hierarquias mundiais e que promovam a igualdade entre os Estados. O Conselho de Segurança tem de desaparecer porque tem promovido a guerra", justificou Morales, em Santa Cruz, na Bolívia.
Enviar um comentário