domingo, 14 de setembro de 2014

DN
Daisy e Aimee Macedo

Irmãs luso-canadianas querem construir escola na Tanzânia

por Lusa, publicado por Ana Meireles
Aimee e Daisy Macedo
Aimee e Daisy Macedo Fotografia © Facebook Fundação Hakuna Matata
Duas irmãs luso-canadianas criaram a Fundação Hakuna Matata (Não Há Preocupações) e pretendem "construir uma escola na Tanzânia", disseram as próprias à agência Lusa.
Daisy e Aimee Macedo, de 31 e 29 anos, respetivamente, irmãs, e empresárias do ramo vinícola, estiveram em Arusha, capital da Tanzânia, em janeiro de 2012, onde durante três semanas, num trabalho de voluntariado, ajudaram crianças dos quatro aos 12 anos de idade a desenvolver o seu inglês.
"Desde criança que tinha o sonho de ajudar as crianças em África. Quando lá estive apaixonei-me pela causa e prometi continuar a fazê-lo", afirmou Daisy Macedo, em declarações à Lusa.  
Aquela passagem pela escola/orfanato NELITO - New Life Together (Uma Nova Vida Juntos) ficou-lhes "no coração", o que as levou a organizar todos os anos um evento de angariação de fundos para apoiar aqueles meninos necessitados. 
Na mais recente campanha conseguiram cerca de dez mil dólares (sete mil euros), verba que está a ser disponibilizada para a aquisição de material escolar, mobílias, roupas, brinquedos e outros artigos indispensáveis. Foi também adquirido o terreno para avançarem com a construção de uma nova escola de dois hectares avaliada em 20 mil dólares (14 mil euros). 
No início, pretendiam "ajudar mais com material escolar e nos salários dos professores do orfanato", mas quando lá estiveram constataram que os meninos "tinham outras necessidades maiores", explicou Aimee Macedo.  
Para o próximo dia 01 de novembro têm já prevista uma nova campanha de angariação de verbas, com realização de um baile com máscaras, onde todos estão convidados.  
Daisy recordou que todo este trabalho é feito nos tempos livres, mas fazem-no "com muita dedicação", e também reconheceu o papel importante da sua família e das comunidades lusófonas no Canadá.  
"Temos muita sorte de viver aqui, lá elas (crianças) não têm muitos dos bens que temos, como é o caso de água potável, ou até mesmo os cuidados de saúde", reconheceu Aimee.  
Já se encontra online uma página da Fundação Hakuna Matata para todos aqueles que queiram ajudar na construção da escola, que deve estar pronta em dois anos.  
A Tanzânia está localizada na África Austral e faz fronteira com Moçambique. Segundo dados do Banco Mundial, em 2012 tinha cerca de 48 milhões de habitantes. 
Enviar um comentário