quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

JN

Médico doa 1,5 milhões para ajudar alunos


Uma doação de 1,5 milhões de euros pode mudar o curso da investigação médica na Escola de Ciências da Saúde minhota. Um médico português a viver nos EUA não quer que falte nada aos futuros médicos formados em Braga.
 
Um médico, de 89 anos, natural de Roriz, em Barcelos, doou à Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho imóveis no valor de 1,5 milhões de euros para que, as rendas, revertam a favor da investigação médica e dos alunos mais carenciados. O clínico, a residir nos Estados Unidos, fez a doação depois de Nuno Sousa, o diretor do curso de Medicina da UMinho, lhe ter apresentado o projeto de investigação da escola e após conhecer as dificuldades económicas por que passam alguns dos 1000 estudantes que frequentam o curso.
Enviar um comentário