sábado, 26 de setembro de 2015

Paraplégico volta a andar com a ajuda de um computador

Com a ajuda de um aparelho que consegue “ler” o cérebro, um jovem com paralisia conseguiu recuperar parte do controlo sobre as suas pernas e caminhar alguns metros.
A boa notícia foi revelada a partir de um estudo feito por investigadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, publicado no Journal of Neuroengineering and Rehabilitation, avança a BBC.
Com a ajuda de um aparelho ortopédico, o jovem conseguiu andar cerca de quatro metros, graças à ajuda de um computador.
As ondas cerebrais do paciente foram interpretadas pelo aparelho que, de seguida, enviou uma estimulação elétrica aos músculos das pernas.
Uma lesão na medula, geralmente, impede a transmissão destas mensagens para o resto do corpo. Porém, isso não significa que o cérebro não continue a ser capaz de criar essas mensagens, assim como as pernas ainda estão aptas para as receber.
Para ligar o computador ao cérebro do paciente, a equipa de investigadores usou uma touca de eletroencefalograma para ler a sua atividade cerebral. O jovem também foi treinado a controlar um avatar através de um jogo de computador.
A fase seguinte passou por colocar elétrodos nos músculos das pernas do paciente, tendo este começado a treinar a execução desses movimentos.
“Mostramos que é possível restaurar o andar intuitivo, controlado pelo cérebro, após uma lesão completa na medula”, disse o investigador An Do.
“Este sistema não invasivo para estimular músculos da perna é um método promissor e um avanço em relação aos sistemas atuais de controlo pelo cérebro, que usam a realidade virtual e exoesqueletos robóticos”, acrescenta.
Alguns especialistas consideram que este é ainda um trabalho preliminar mas elogiaram o avanço conseguido, dizendo que é ainda preciso descobrir como podem as pessoas manter o equilíbrio.
ZAP / BBC
Enviar um comentário