sábado, 10 de setembro de 2016

ZAP.aeiou

Diabéticos já não têm de picar o dedo todos os dias

(dr) Freestyle Libre / Abbott Diabetes Care Inc.
-Z
O primeiro medidor de glicose que evita as picadas nos dedos rotineiras entre os diabéticos foi lançado, esta quinta-feira, em Portugal, sendo uma ferramenta que mede os níveis de açúcar durante as 24 horas do dia.
O Freestyle Libre é constituído por um sensor redondo que mede 35 por 5 milímetros, que é instalado na parte posterior do braço e que tem uma duração de 14 dias – medindo os níveis de glicose intersticial (líquido que fica entre as células do corpo e que se encontra nas camadas superficiais da pele).
O presidente da Sociedade de Diabetologia, José Luís Medina, considera que este medidor é “a última revolução” no controlo da diabetes, contribuindo para “melhorar significativamente a vida dos doentes”.
Este novo medidor de glicose está indicado para todos os diabéticos, mesmo para crianças a partir dos 4 anos, mas são os doentes com diabetes tipo 1 e com diabetes tipo 2 menos controlada quem mais pode beneficiar, reconhece José Luís Medina em declarações à agência Lusa.
Os custos do novo sistema para medir glicose ainda são elevados, mas o laboratório que comercializa o Freestyle Libre espera que esta tecnologia venha a ser comparticipada pelo Estado e adianta que já foram feitas diligências junto das autoridades.
José Luís Medina defende que o Estado comparticipe esta tecnologia e refere que este novo método traz uma redução das baixas de glicose e consegue aumentar a adesão à monitorização ou controlo dos níveis, sobretudo para os doentes que têm de picar muitas vezes os dedos.
Em Portugal, cerca de um milhão de pessoas vive com diabetes e mais dois milhões têm um risco elevado de vir a desenvolver a doença.
/Lusa
Enviar um comentário