sábado, 19 de setembro de 2009

Diário Digital

Tecnologias

Localvisão arranca hoje no Porto, Braga, Viana e Aveiro


A Localvisão, empresa que pretende criar televisões locais via Internet em todos os concelhos portugueses, estende este mês as operações aos distritos do Porto, Braga, Viana do Castelo e Aveiro, anunciou hoje o seu director-geral, Carlos Ramalho.

A Localvisão, que tem como parceiros tecnológicos a Sapo.pt, a Codeware, a Polycord e a PKAGE Design, está já a funcionar desde Outubro de 2008 em seis distritos - Bragança, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Viseu e Vila Real.

«Começámos do interior do país para o litoral, em Outubro vamos cobrir mais dois distritos - Beja e Faro - devendo fechar a cobertura total do continente até ao final do ano. Nos primeiros meses de 2010 concluiremos a instalação com a Madeira e os Açores», disse aquele responsável.

Carlos Ramalho sublinhou que, embora todos estes canais de televisão funcionem autonomamente, em cada concelho, a marca Localvisão será comum.

"Serão 308 realidades diferentes sob uma única marca, apostando na comunicação de proximidade", afirmou.

O alvo consiste em servir não só os habitantes de cada concelho, apresentando conteúdos informativos que não chegam aos canais regionais ou nacionais, mas também todos aqueles que estão deslocados dos seus municípios de origem e pretendem manter a sua ligação à terra, em particular os emigrantes.

"São mais de 4,5 milhões em todo o mundo, dos quais 2,78 milhões na América (Norte e Sul), 1,23 milhões na Europa, 341 mil na África, 164 mil na Ásia e 31 mil na Oceânia", disse Carlos Ramalho.

A empresa - www.localvisao.pt - terá equipas próprias em cada concelho, com comerciais e "pelo menos dois jornalistas multimédia profissionais", emitindo em formato 16:9, com vídeos de alta qualidade e uma grelha de programação previamente definida.
Enviar um comentário