quinta-feira, 10 de setembro de 2009


Saúde&Lar

A CRIANÇA E A MÚSICA CLÁSSICA

Nos primeiros dias, semanas e anos de vida, tudo o que o bebé sente e aprende ajuda a estimular milhões de conexões vitais no cérebro, que são a base de toda a aprendizagem futura. Pesquisas sugerem que a música clássica estimula o cérebro de uma forma que pode vir a facilitar a aprendizagem da matemática e ciências. Pode também acalmar os recém-nascidos e ajudá-los na adaptação à vida fora do útero. Um dos motivos é que o ritmo da maioria das músicas clássicas é semelhante à batida cardíaca da mãe.
Estudos demonstram que a música pode desempenhar um papel positivo na aprendizagem. Bebés de 3 meses de idade que aprenderam uma nova habilidade enquanto ouviam música clássica, mantiveram a aprendizagem 7 dias depois, quando a mesma música foi novamente tocada. Entre crianças de 3 anos de idade que tiveram aulas de piano e aulas com computadores, e outras sem qualquer tipo de aula, apenas as crianças que tiveram aulas de piano demonstraram um aumento significativo, de 37% em média, no raciocínio espacial--temporal, importante na aprendizagem da linguagem, da matemática e das ciências.
Um estudo com crianças em idade pré-escolar demonstrou que a capacidade de distinguir diferentes tonalidades de som está associada à leitura. E de acordo com um recente perfil de estudantes do 12º ano de escolaridade, os estudantes que tiveram aulas de música durante 4 anos ou mais apresentaram, em média, uma classificação de 8 a 12% superior em exames pré--universitários de matemática e expressão oral, quando comparados com estudantes que nunca tiveram experiência com o estudo da música.
Há muita coisa que se pode fazer para que a música seja parte integrante da vida da criança, agora bem como no seu futuro. (N.B.: Lembre-se de manter o volume de som numa altura moderada pois o ouvido de um bebé é bastante sensível).
Quando ainda bebé:
1. Ponha música a tocar frequentemente. Por exemplo durante as refeições ou quando está a brincar;
2. Dance ao som da música;
3. Crie o hábito de relacionar músicas com actividades diárias como, por exemplo, a hora de dormir a sesta ou a hora de dormir à noite,
À medida que a criança cresce:
1. Crie um cantinho de som (com auscultadores) que possa ser usado pela própria criança,
2. Incentive os seus filhos a tocarem instrumentos musicais ou outros improvisados em casa.
Mais tarde,
3. Proporcione aulas de música. Certifique-se que o ensino da música faz parte do plano escolar da criança.

Enviar um comentário