terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Centro Gnóstico Anael

As duas medicinas.

Há 2 conhecimentos: um humano e outro divino. Um é o conhecimento adquirido pelo homem e outro é o que vem de Deus, através da luz da natureza. Em virtude disto há duas classes de medicina: a do homem e a que foi inspirada por Deus.

A medicina do homem se elabora em laboratórios, a base de componentes sintéticos com todo tipo de contra-indicações e que bloqueiam os receptores naturais do cérebro que controlam os mecanismos fisiológicos do ser humano e os substitui por químicos que bloqueiam os sintomas, geralmente de por vida (anti-histamínicos, depressores, controle químico de pressão, anticoncepcionais, vasodilatadores, broncodilatadores, antiinflamatórios não esteróides (AINES) e esteróides, etc.)
Os chamados AINES (Aspirina, Ibuprofeno, Naproxeno) através de estudos foi comprovado que acarretam claros risco de hemorragias gastrointestinais.
Os inflamatórios de nova geração, batizados como super-aspirinas, entre eles: Célebre, Bextra, Vioxx, etc., geram o risco de sofrer problemas cardiovasculares, infartos cerebrais e do miocárdio, em virtude disso, a FDA retirou o Vioxx do mercado e o laboratório que a produz tem demanda, devido a pessoas que morreram ao utilizá-lo.

O Diclofenaco comercializado como Voltaren, segundo as investigações aumenta o risco de infarto.

Está demonstrado que o Cloranfenicol é produtor da anemia aplástica que é uma enfermidade da medula óssea.
Os medicamentos para a pressão alta reduzem a potência sexual e a do coração.
A aspirina debilita a mucosa gástrica e é um potente fator para produzir úlceras.
Os anti-histamínicos produzem dano hepático.
Os corticóides têm efeitos secundários, entre outros: obesidade, diabetes mellitus, úlcera péptica, supressão do eixo hipotalamo-adrenal, transtornos do crescimento, osteoporose, retenção de água e sódio, hipertensão, etc.
A cimetidina é antiandrogénica (inibe a produção de espermatozóides).
O cientista e astronauta médico norte-americano, Duane Gravelime, especialista em medicina aeroespacial e cem cientistas do Conselho Médico de Direção da revista Discovery Saúde, denunciam que as Estaminas (Lipitor, Lovastatin, etc.) geram efeitos colaterais como insônia, vertigem, parestesia, sonolência, diminuição da libido, amnésia, pesadelo, neuropatia periférica, torcicolo, paralisia facial, depressão, variação continua do estado de ânimo sem razão aparente. etc, etc.

O Doutor Graveline, no Discovery Saúde No. 91, relata que no ano 2001 se prescreveu Atorvastatina (Lipitor) para baixar o colesterol que estava um pouco alto. "Um dia ao retornar à sua casa de um passeio por um bosque, sua esposa o viu caminhando sem destino, frente à casa, como se estivesse perdido, eu não a reconheci e me neguei a entrar na casa, ela conseguiu que eu entrasse e me levou ao neurologista".

"Um ano depois meu médico se negava a crer que a Estamina (Lipitor) pudesse ser a causa daquele ataque de amnésia e novamente me receitou Lipitor. Dias depois minha esposa me encontrou na estufa, com o olhar extraviado. Este episódio durou 12 horas. Desapareceram todas minhas recordações de meus anos na faculdade, meu casamento, meus 4 filhos e meus excitantes 10 anos na USAF, como cirurgião de vôo e investigador cientifico, não tinha consciência de haver sido médico da família durante 23 anos, o autor de nove livros".

"O único medicamento que tomava no primeiro ataque de amnésia foi o Lipitor e um ano depois de voltar a tomá-lo e às poucas semanas, foi pior, pois sofri amnésia anterógrada e retrógrada. Depois li os estudos das estaminas da Doutora Golomb da Universidade da Califórnia e compreendi que havia muitos casos como o meu. Agora temos muitas informes".

Mas há outra medicina e é a farmácia da natureza, as benditas plantas e tudo o que constitui a criação, sobre tudo compreender que o ser humano leva consigo mesmo sua própria medicina.

Somente Deus dá a sabedoria médica
.: A urina é a água da vida.
Devemos recordar:
Que todos os seres humanos no princípio da vida, tomamos nossa própria urina.
Quando estávamos no seio materno e ao formarem-se os órgãos genitais, o rim funcionou e desde esse momento começamos a tomar nossa própria urina.

O bebê urina aproximadamente ½ litro diariamente, sobre tudo nos últimos meses e vai crescendo tomando seu próprio líquido amniótico com urina. Isso dele tomar a própria urina tem sido verificado cientificamente através do ultra-som pélvico. A urina é muito parecida ao líquido amniótico em seu conteúdo.

A sabedoria de deus é grandiosa e sabe que a urina é sagrada e por isso a vida se desenvolve no mar de urina do âmnio. Na antiguidade a urina foi utilizada como um elemento curativo, mas com o desenvolvimento da ciência moderna o homem se afastou da natureza e do divino e criou a famosa ciência sintética de laboratório.
O Doutor Atom Inoue, a quem considero o pai da urinoterapia moderna, formado como médico em Tókio e professor de medicina na Universidade Livre de Berlin e quem exerceu como médico e acupunturista no Nicarágua, na Clínica do Bosque em Bogotá, etc. Em sua magistral obra sobre a urinoterapia, explica ao mundo desde um ponto de vista rigorosamente cientifico e experimentalmente comprovado, as qualidades curativas dessa água da vida (como afirma o Dr. Nakao da Sociedade Médica do Japão,) criará uma revolução médica.

Todas as enfermidades se podem curar e o médico que diga que uma enfermidade é incurável nega a Deus e o poder do grande arcano da criação.

O Senhor Moraji Desai, ex-primeiro ministro da Índia, um lutador aliado de Mahatma Gandhi na independência de seu país e quem deu publicamente testemunho de sua cura, se curou de um câncer terminal que padecia quando tinha 40 anos. Hoje tem mais de 100 anos e com grande vigor segue participando da política. Devemos recordar que o primeiro congresso mundial de Urinoterapia se celebrou em Goa, Índia em fevereiro de 1966. 
Ler mais em:
rointestinais.
Os inflamatórios de nova geração, batizados como super-aspirinas, entre eles: Célebre, Bextra, Vioxx, etc., geram o risco de sofrer problemas cardiovasculares, infartos cerebrais e do miocárdio, em virtude disso, a FDA retirou o Vioxx do mercado e o laboratório que a produz tem demanda, devido a pessoas que morreram ao utilizá-lo.

O Diclofenaco comercializado como Voltaren, segundo as investigações aumenta o risco de infarto.

Está demonstrado que o Cloranfenicol é produtor da anemia aplástica que é uma enfermidade da medula óssea.
Os medicamentos para a pressão alta reduzem a potência sexual e a do coração.
A aspirina debilita a mucosa gástrica e é um potente fator para produzir úlceras.
Os anti-histamínicos produzem dano hepático.
Os corticóides têm efeitos secundários, entre outros: obesidade, diabetes mellitus, úlcera péptica, supressão do eixo hipotalamo-adrenal, transtornos do crescimento, osteoporose, retenção de água e sódio, hipertensão, etc.
A cimetidina é antiandrogénica (inibe a produção de espermatozóides).
O cientista e astronauta médico norte-americano, Duane Gravelime, especialista em medicina aeroespacial e cem cientistas do Conselho Médico de Direção da revista Discovery Saúde, denunciam que as Estaminas (Lipitor, Lovastatin, etc.) geram efeitos colaterais como insônia, vertigem, parestesia, sonolência, diminuição da libido, amnésia, pesadelo, neuropatia periférica, torcicolo, paralisia facial, depressão, variação continua do estado de ânimo sem razão aparente. etc, etc.

O Doutor Graveline, no Discovery Saúde No. 91, relata que no ano 2001 se prescreveu Atorvastatina (Lipitor) para baixar o colesterol que estava um pouco alto. "Um dia ao retornar à sua casa de um passeio por um bosque, sua esposa o viu caminhando sem destino, frente à casa, como se estivesse perdido, eu não a reconheci e me neguei a entrar na casa, ela conseguiu que eu entrasse e me levou ao neurologista".

"Um ano depois meu médico se negava a crer que a Estamina (Lipitor) pudesse ser a causa daquele ataque de amnésia e novamente me receitou Lipitor. Dias depois minha esposa me encontrou na estufa, com o olhar extraviado. Este episódio durou 12 horas. Desapareceram todas minhas recordações de meus anos na faculdade, meu casamento, meus 4 filhos e meus excitantes 10 anos na USAF, como cirurgião de vôo e investigador cientifico, não tinha consciência de haver sido médico da família durante 23 anos, o autor de nove livros".

"O único medicamento que tomava no primeiro ataque de amnésia foi o Lipitor e um ano depois de voltar a tomá-lo e às poucas semanas, foi pior, pois sofri amnésia anterógrada e retrógrada. Depois li os estudos das estaminas da Doutora Golomb da Universidade da Califórnia e compreendi que havia muitos casos como o meu. Agora temos muitas informes".

Mas há outra medicina e é a farmácia da natureza, as benditas plantas e tudo o que constitui a criação, sobre tudo compreender que o ser humano leva consigo mesmo sua própria medicina.

Somente Deus dá a sabedoria médica
.: A urina é a água da vida.
Devemos recordar:
Que todos os seres humanos no princípio da vida, tomamos nossa própria urina.
Quando estávamos no seio materno e ao formarem-se os órgãos genitais, o rim funcionou e desde esse momento começamos a tomar nossa própria urina.

O bebê urina aproximadamente ½ litro diariamente, sobre tudo nos últimos meses e vai crescendo tomando seu próprio líquido amniótico com urina. Isso dele tomar a própria urina tem sido verificado cientificamente através do ultra-som pélvico. A urina é muito parecida ao líquido amniótico em seu conteúdo.

A sabedoria de deus é grandiosa e sabe que a urina é sagrada e por isso a vida se desenvolve no mar de urina do âmnio. Na antiguidade a urina foi utilizada como um elemento curativo, mas com o desenvolvimento da ciência moderna o homem se afastou da natureza e do divino e criou a famosa ciência sintética de laboratório.
O Doutor Atom Inoue, a quem considero o pai da urinoterapia moderna, formado como médico em Tókio e professor de medicina na Universidade Livre de Berlin e quem exerceu como médico e acupunturista no Nicarágua, na Clínica do Bosque em Bogotá, etc. Em sua magistral obra sobre a urinoterapia, explica ao mundo desde um ponto de vista rigorosamente cientifico e experimentalmente comprovado, as qualidades curativas dessa água da vida (como afirma o Dr. Nakao da Sociedade Médica do Japão,) criará uma revolução médica.

Todas as enfermidades se podem curar e o médico que diga que uma enfermidade é incurável nega a Deus e o poder do grande arcano da criação.

O Senhor Moraji Desai, ex-primeiro ministro da Índia, um lutador aliado de Mahatma Gandhi na independência de seu país e quem deu publicamente testemunho de sua cura, se curou de um câncer terminal que padecia quando tinha 40 anos. Hoje tem mais de 100 anos e com grande vigor segue participando da política. Devemos recordar que o primeiro congresso mundial de Urinoterapia se celebrou em Goa, Índia em fevereiro de 1966. 
Ler mais em: http://www.anael.org/portugues/urinoterapia/index.htm
Enviar um comentário