terça-feira, 18 de junho de 2013

Saúde rss

Mara quer transformar gema de ovo em antibiótico

Bolsa de 1,4 milhões de euros para transformar gema em alternativa barata aos antibióticos
JOÃO PAULO COSTA
 
 
foto DR
Mara quer transformar gema de ovo em antibiótico
Mara Freire
 
O email caiu ao final da tarde e Mara Freire, em casa, gritou "Consegui!". O totoloto saiu-lhe no Dia de Portugal. O totoloto não, o euromilhões, porque o dinheiro vem da Europa: 1,4 milhões de euros para a investigadora, de 33 anos, da Universidade de Aveiro, transformar uma gema de ovo de galinha num biofármaco mais eficaz e mais barato que alguns dos atuais antibióticos.
A bolsa, atribuída pelo Conselho Europeu de Investigação (CEI), não vai para a conta bancária da licenciada em Química, nascida em Oiã, Oliveira do Bairro. Tem o NIB da Universidade de Aveiro como destino.
O dinheiro servirá para Mara e uma equipa de seis investigadores, que a responsável pelo projeto vai agora selecionar, trabalharem nos próximos cinco anos. A maior parte destina-se a cobrir despesas como equipamento e materiais, outra pagará os ordenados dos investigadores.
Enviar um comentário