sexta-feira, 28 de junho de 2013

Sexta-feira, 28 de Junho de 2013

Peixes gordos podem prevenir cancro da mama

Peixes gordos podem prevenir cancro da mama
O consumo de uma porção de atum, salmão, sardinha ou outro peixe gordo uma a duas vezes por semana reduz o risco de desenvolver cancro da mama. A conclusão é de um grupo de investigadores chineses, que se dedicou a fazer uma revisão de uma série de estudos internacionais dedicados a esta questão.
 
A equipa coordenada por Duo Li, da Universidade de Zhejiang, analisou 26 estudos já publicados englobando mais de 800.000 mulheres dos EUA, Europa e Ásia, cujo estado de saúde foi monitorizado e que forneceram aos especialistas detalhes sobre os seus hábitos alimentares.
 
De acordo com a AFP, a análise efetuada, cujos resultados foram publicados na revista científica British Medical Journal mostrou que as mulheres que consumiam níveis elevados de ácidos gordos ómega-3 tinham uma probabilidade 14% menor de vir a sofrer de cancro da mama do que aquelas que não o faziam.
 
No entanto, realçam os cientistas, o efeito protetor contra o cancro da mama verificou-se apenas nos casos em que os ácidos gordos eram provenientes do peixe (e não de outros alimentos, como os frutos secos ou os vegetais folhosos).
 
Além disso, as participantes nos estudos que apresentaram maiores benefícios foram as asiáticas, visto que, naquela região do globo, o consumo de peixe tende a ser mais frequente do que entre as populações da Europa e da América.
 
Segundo a equipa de investigação chinesa, em termos estatisticos, a análise demonstrou que cada aumento de 0,1 gramas na ingestão de ácidos gordos provenientes do peixe por dia está associado a uma redução de 5% no risco de cancro da mama, o que equivale a cerca de uma a duas porções por semana.

Clique AQUI para aceder ao resumo das conclusões publicadas na revista British Medical Journal (em inglês).
Enviar um comentário