sábado, 26 de março de 2016

ZAP aeiou

Diabetes tipo 2 pode ser reversível, mesmo para diabéticos de longa data

Um novo estudo da Universidade de Newcastle mostrou que 
as pessoas podem reverter a diabetes tipo 2 perdendo peso e, 
em seguida, mantendo-o. 

Emagrecer pode reverter a condição porque a gordura é removida do pâncreas, voltando a produção de insulina ao normal, um efeito que funcionou mesmo em pacientes que possuíam a doença há até 10 anos.
Um estudo anterior conduzido por Roy Taylor, da Universidade de Newcastle, já tinha indicado que a diabetes podia ser revertida por uma dieta de baixas calorias. O estudo, publicado em 2011, mostrou que pessoas que perdem um grama de gordura no pâncreas ficaram curadas da diabetes tipo 2.
No entanto, a pesquisa foi de curta duração – apenas oito semanas.
Neste novo estudo, cujos resultados foram publicados na Diabetes Care, 30 voluntários com diabetes tipo 2 embarcaram na mesma dieta de 600 a 700 calorias por dia e perderam em média 14 quilos, e ao longo dos seis meses seguintes mantiveram o peso.
O grupo incluiu pessoas com diabetes há muito tempo – mais de oito anos, e até 23 anos.
No geral, 12 pacientes que tiveram diabetes há menos de 10 anos reverteram sua condição. Seis meses mais tarde, permaneceram sem diabetes. Outro paciente juntou-se a essa lista após seis meses.
A dieta incluía três batidos por dia e 240 gramas de vegetais sem amido, somando entre 600 e 700 quilocalorias por dia durante oito semanas.
Em seguida, os voluntários voltaram gradualmente a comer alimentos normais durante as duas semanas seguintes, com instruções cuidadosas sobre o quanto comer.
Para manter o peso estável após a perda dos quilos, os participantes receberam um programa de manutenção de peso personalizado para os seis meses seguintes e passaram a comer cerca de um terço menos do que faziam antes do estudo, sendo analisados pelos investigadores uma vez por mês.

Limiar pessoal

Embora os participantes tenham perdido peso, alguns ainda permaneceram com excesso de peso ou mesmo obesos. No entanto, emagreceram o suficiente para remover a gordura do pâncreas e permitir a produção normal de insulina.
“O que constatamos é que é possível inverter a diabetes, mesmo se já tiver a condição há um longo tempo, até cerca de 10 anos. Curiosamente, apesar de todos os nossos voluntários permanecerem obesos ou com excesso de peso, a gordura não voltou a entupir o pâncreas. Isto suporta nossa teoria de um limiar de gordura pessoal. Se uma pessoa ganha mais peso do que pode tolerar, então a diabetes é acionada. Mas se em seguida perde essa quantidade de peso, volta ao normal”, disse Taylor.
Este limiar varia por indivíduo, lembrando que o metabolismo de cada pessoa é diferente e que 70% das pessoas severamente obesas não têm diabetes.
Um estudo maior já está em andamento, envolvendo 280 pacientes, para examinar se as pessoas podem reverter a diabetes através da perda de peso simplesmente sob os cuidados dos seus médicos de família.
Enviar um comentário