sábado, 10 de outubro de 2009

DN
Tecnologia

Sector cria 7500 empregos e 400 empresas em Portugal até 2013

por Lusa

O mercado das Tecnologias de Informação (TI) deverá criar em Portugal 7.500 novos empregos tecnológicos e 400 novas empresas nos próximos quatro anos, prevê um estudo da consultora International Data Corporation (IDC), a que a Lusa teve acesso.

Só o universo da Microsoft, que inclui cerca de 4.000 empresas locais, "vai investir 526 milhões até 2013 no país e gerar 1,6 mil milhões de euros em receitas próprias", acrescenta o estudo, que mede as contribuições da indústria das TI para as economias locais nos 52 países onde a Microsoft opera, entre os quais Portugal.

O estudo avança que, por cada euro gerado pela Microsoft em 2009, as empresas locais neste âmbito vão gerar 10,53 euros.

O ecossistema da Microsoft integra empresas locais que desenvolvem e/ou comercializam produtos que são executados em conjunto com ou em software da Microsoft, ou que prestam serviços e distribuem software da Microsoft. As empresas locais empregam 9.000 pessoas e as organizações utilizadoras das TI 35.000 profissionais de tecnologia, o que em conjunto corresponde a 45 por cento do emprego total nas TI em 2009.

Quanto à evolução do emprego tecnológico, o estudo frisa que representa um "crescimento médio positivo de 1,5 por cento positivo ao ano até 2013", enquanto o "emprego total irá previsivelmente contrair e evoluir negativamente nestes próximos quatro anos".

Já as novas empresas corresponderão na maior parte "a pequenas organizações de capital local", sendo os empregos "altamente qualificados e especializados".

Enviar um comentário